[2015/10/13] Há 20 anos a Reforçar os Marcos de Cooperação e Oportunidades de Negócios 20ª Feira Internacional de Macau do Comércio e Investimento (20ª MIF)

O maior certamen anual económico e comercial de Macau, a 20ª Feira Internacional de Macau (20ª MIF), irá decorrer entre os dias 22 e 25 de Outubro de 2015 no Venetian Macao-Hotel-Resort.

O tema da 20ª MIF continua a ser “Cooperação – Chave para Oportunidades de Negócios”, ligando o passado ao futuro e caminhando sempre em frente. No seguimento do desenvolvimento da estratégia nacional “Uma Faixa, Uma Rota” e o objectivo do governo da RAEM num Centro Mundial de Turismo e Lazer ” assim como na de criação da ” Plataforma dos Serviços para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa” (Um Centro, uma Plataforma). As actividades da MIF deste ano vão centrar-se em tópicos como “Uma Faixa, Uma Rota”, “Plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, Zonas de Comércio Livre, Pequenas e Médias Empresas, empreendedorimo juvenil, “Internet +”, Indústria de Medicina Tradicional Chinesa e indústrias culturais e criativas. O conteúdo da MIF será enriquecido com áreas de exposição temáticas e diversos fóruns sobre os tópicos acima referidos. Os Serviços de bolsas de contacto e negociações são organizados ña MIF de forma grátis, no apoio às empresas na procura de novas oportunidades de negócios. Decorrerão ao mesmo tempo os seguintes eventos, “Uma Exposição dentro da Exposição”, “Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa”. A”Cimeira Mundial dos Empresários Chineses”.

A MIF é organizada pelo Instituto de Promoção do Comércio e Investimento de Macau (IPIM) e conta com o apoio especial da Associação Mundial das Agências de Promoção do Investimento (WAIPA) como entidade de apoio especial. As entidade coorganizadoras governamentais inclui a Direcção dos Serviços de Economia, a Direcção dos Serviços de Turismo de Macau, o Departamento de Comércio da Província de Guangdong, a Comissão Económica e do Comércio Externo de Chongqing e a Comissão para a Promoção da Cooperação Económica Fujian-Macau, bem como, contamos com o apoio de 19 serviços governamentais e de associações empresariais da China Continental, dos Países de Língua Portuguesa assim como de outros países ou regiões, de Hong Kong e Macau, que foram convidados como organizadores, organizações parceiras e coordenadores.

Sendo a primeira exposição em Macau a ser acreditada pela Associação Global da Indústria das Exposições (UFI), a  Feira Internacional de Macau (MIF) foi iniciada em 1996. Depois de 20 anos de desenvolvimento, a MIF expandiu a área exposiconal de 3.000 metros quadrados para mais de 30.000 metros quadrados, enquanto o número de stands expositores cresceu dos cerca de 100 para mais de 1.900. O número de eventos simultâneos, tais como os fóruns de elevado nível, as promoções de projectos e de ambiente de investimento, e seminários temáticos industriais, cresceu para mais de 50 o que permite a empresas de todo o mundo e pequenas e médias empresas de Macau explorarem oportunidades de negócio em conjunto.

I Plataforma de Intercâmbio com as Características de Macau

Uma Faixa, Um Rota com as Características Únicas de Macau
Devido à sua localização geográfica especial e ao seu papel como uma economia regional de relevância, Macau possui vantagens únicas no que se refere ao desenvolvimento da iniciativa “ Uma Faixa, Uma Rota”. Este ano, a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” é destacada em diversos fóruns e seminários, nomeadamente no “Fórum para o Comércio e Investimento Internacionais 2015”, um  fórum chave da 20ª MIF que decorre na tarde do primeiro dia (22 de Outubro). Neste Fórum, ministros e académicos de renome da China Continental e de outros países ao longo da “Uma Faixa, Uma Rota” foram convidados a partilhar os seus pontos de vista sobre esta iniciativa e o desenvolvimento económico regional.

Outros fóruns irão decorrer à volta do tema “Uma Faixa, Uma Rota”, nomeadamente Oportunidades Empresariais para os Jovens Empreendores de Macau na iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” e a “Extensão da iniciativa Uma Faixa, Uma Rota – Como a Antiga Rota da Seda pode reforçar a ligação China-América Latina com vista à Promoção da Integração Económica da Ásia e da América Latina, e do Intercâmbio Cultural dos dois Continentes”.

Por outro lado, os países ao longo da “Uma Faixa, Uma Rota”, nomeadamnte o Vietname, Indonésia, Malásia, Brunei, Índia, Paquistão, Camboja estão activamente envolvidos nas exposições e fóruns que decorrem durante MIF, no uso das suas vantagens dos residentes de etnia chinesa, incluíndo os radicados em Macau. A sua ávida participação mostra, amplamente, a função única de Macau nesta iniciativa de cooperação em negócios “Uma Faixa, Uma Rota”.

Progresso na Plataforma China / Países de Língua Portuguesa com a Criação dos “Três Centros”
Para avançar na criação da plataforma China/Países de Língua Portuguesa de serviços de comércio e de cooperação empresarial bem como apoiar e colaborar com o plano do Governo da RAE de Macau de estabelecer “Três Centros”, a MIF deste ano enriqueceu o conteúdo e aumentou a escala do pavilhão empresarial dos Países de Língua Portuguesa. Terá lugar uma exposição intitulada “Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa” (na verdade “uma exposiçáo dentro da exposição”) ao mesmo tempo da MIF. Esta exposição tem uma área de 2.241 metros quadrados, acolhendo 249 stands partilhados por mais de 150 expositores dos Países de Língua Portuguesa. Neste pavilhão, os expositores irão apresentar as últimas tendências de desenvolvimento económico e o ambiente de investimento nos Países de Língua Portuguesa. Também apresentarão produtos alimentares e bebidas dos seus Países bem como serviços profissionais comerciais e industriais (envolvendo sectores tais como o financeiro, serviços de tradução, media, publicidade, exposição e publicidade, comércio electrónico, turismo, consultadoria jurídica, contabilidade, retalho, etc.) por forma a que seja possível promover a interacção com os Países de Língua Portuguesa. Com o objectivo de melhorar a eficácia da iniciativa “uma exposição dentro da exposição” a MIF efectuou o pré-registo dos expositores e vistantes antes do evento  com o objectivo de garantir que as bolsas de negócios têm maior objectividade e eficiência.

Pretende-se, por outro lado, e como forma de fortalecer a promoção directa os “Três Centros” e o “Portal para a Cooperação na Área Económica, Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa” (daqui em diante referido como “Portal de Informação”), a MIF criou uma “Zona de Exposição dos Fornecedores de Serviços Profissionais no âmbito do Portal de Informação” dentro da “Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa”. Para reforçar a interacção e o intercâmbio entre as empresas de Macau e os expositores dos Países de Língua Portuguesa, foram convidados a estar presentes neste pavilhão 16 fornecedores de serviços profissionais.

Está programada a organização de vários fóruns e seminários envolvendo os Países de Língua Portuguesa durante a MIF, entre os quais o “Fórum dos Jovens Empresários da China e dos Países de Língua Portuguesa”, a “Apresentação sobre o Portal para a Cooperação na Área Económica, Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, o “Simpósio de Bolsa de Contactos para Projectos de Cooperação Pequim – Macau – Países de Língua Portuguesa”, a “ 5º Fórum de Negócios  Jiangsu – Macau – Países de Língua Portuguesa”,  “Reunião de Intercâmbio entre Dongguan e os Países de Língua Portuguesa”, sessão de apresentação da indústria de pescados dos Países de Língua Portuguesa e divulgação das políticas fiscais para o comércio transfronteiriço e o comércio dos Países de Língua Portuguesa, etc.

Expandir a Cooperação Guangdong Macau e Promover as Oportunidades de Negócio oferecidas pelas Zonas de Comércio Livre
As Zonas de Comércio Livre de Guangdong tornaram-se um assunto importante na cooperação e no investimento regional. Uma área de exposição do Parque de Cooperação Industrial Guangdong-Macau na Ilha da Montanha (Hengqin) estará presente na MIF para apresentar  os mais recentes projectos de investimento e oportunidades de negócio oferecidas pelas Zonas de Comércio Livre. O Resort Oceânico Internacional Chimelong Zhuhai também terá uma zona de exposição. E realizar-se-á um evento com o tema ” Promoção do Comércio e Investimento Zhongshan-Macau”, junto com a exposição dos equipamentos de iluminação de Zhongshan. Serão também organizadas visitas de estudo a Hengqin, sobre o ambiente de investimento de modo a alargar o espaço de cooperação da MIF e impulsionar parceria regional.

Criar Condições Vantajosas para o Desenvolvimento do Empreendedorismo Jovem e da Promoção da cooperação entre PMEs
De forma a apoiar os jovens empreendedores bem como as pequenas e médias empresas a expandir os seus negócios, mais de 20 jovens empreendedores foram convidados a participar no pavilhão das PMEs de Macau, na “Área de Exposição do Poder Criativo” assim como na “Exposição Internacional de Design de Macau”.

A MIF organizou diversos seminários com foco especialmente no empreendedorismo jovem e nas actividades empresariais das PMEs, nos “Dias Internacionais de Oportunidades de Negócio para as PMEs”. Fóruns e seminários relacionados com o empreendedorismo jovem incluem o Fórum da Associação de Jovens Empresários de Macau “Deixem os vossos Sonhos Voar, criem o vosso Negócio” e o “Seminário sobre Empreendedorismo e Inovação – 10 Ideias sobre como Começar o Seu Próprio Negócio”. A Direcção dos Serviços de Economia de Macau irá disponibilizar os serviços de consultores de negócios para fornecerem aos jovens empreendedores serviços de consultoria durante a MIF.

Um amplo leque de expositores participa no ” Pavilhão das PMEs de Macau” apresentando diversos produtos como ofertas, alimentação e bebidas alcoólicas, produtos eletrónicos, vestuário / calçado / artigos de couro, jóias / artesanato / acessórios, utensílios domésticos, produtos criativos culturais, equipamentos e sistemas ambientais e industriais, bem como outros produtos. No Pavilhão das PMEs estão também disponíveis elementos interactivos como demonstração ao vivo e pequenos seminários/workshops.

Um Balcão de Serviços para PMEs foi especialmente criado pela MIF no andar das exposições para fornecer serviços de consultoria , informações sobre os mercados e serviços de Bolsas de Contactos empresariais ajudando, assim, as PMEs de Macau a transformar-se e a melhorar as suas oportunidades de negócio.

Plataforma de cooperação em conferências e feiras alargar o intercâmbio entre os operadores do sector

Ao longo dos anos, na colaboração entre o IPIM e os organizadores, a MIF tornou-se gradualmente numa plataforma de incubação para os operadores do sector. Além da “feira dentro da feira” para promover o desenvolvimento do sectorial, será previsto para 22 de Outubro, a 8ª edição do fórum para a cooperação entre os operadores de Guangzhou, Hong Kong e Macau e entre as cidades deo Pan-Delta do Rio das Pérolas, de modo a aprofundar a cooperação entre essa cidade no MICE. A par disso, serão impulsionadas a formação dos talentos nessa área. Mais ainda, para sensibilizar sobre a protecção ambiental, serão continuadas as acções de stands amigo do ambiente e incentivos, contando com o apoio do sector.

Implementar o Comércio Electrónico para Promover uma Plataforma na Internet
À medida que a economia global se vai movendo de forma rápida para uma unificação e se torna um centro de informações, o comércio electrónico transfronteiriço está também a desenvolver-se a um ritmo nunca visto. O volume do comércio electrónico transfronteiriço atingiu o valor de 3,75 mil milhões de Yuan em 2014.

De modo a apoiar as PMEs a desenvolverem o Comércio Eletrónico em Macau, este ano a MIF convidou diversas empresas de Comércio Electrónico para participar em exposições e seminários da MIF. Os fornecedores de platafomas de comércio electrónico, compras online, plataformas comerciais electrónicas transfronteiriças, serviços de financiamento e pagamento, serviços de Internet móvel, e serviços de tecnologia digital de todo o mundo irão promover os seus novos modelos de negócios para produtos de marca aos empresários que visitam a MIF. Ao mesmo tempo, representantes da Google e de Alibaba foram convidados como oradores no seminário sobre Comércio Electrónico para que possam partilhar seus pontos de vista e as suas experiências de sucesso em Comércio Electrónico. Vão também decorrer outras actividades incluindo “Conferência de Comércio Electrónico Transfronteiriço- Zhuhai” durante a MIF. A MIF também disponibilizará serviços de consultoria grátis, fornecidos por conhecidos prestadores de serviços de Comércio Electrónico que fornecerão serviços de consulta durante o evento.

Promover a Indústria da Medicina Tradicional Chinesa de modo a apoiar a Diversificação do Desenvolvimento Industrial
O Centro para Intercâmbio de Medicina Tradicional Chinesa para Taiwan, Hong Kong e Macau, junto da Administração Nacional para Medicina Tradicional Chinesa, vai instalar um “Pavilhão de Indústria Chinesa de Medicina Tradicional e de Saúde” durante a MIF. O pavilhão cobre 432m2 e atraiu um grande grupo de empresas de medicina tradicional Chinesa que irão estar presentes. Alguns dos expositores de referência Gansu Cheezheng Tibetan Medicine Industry Co Ltd., a primeira empresa Tibetana a obter a GMP (Good Manufacturing Practice em Inglês, e em Português, Boas Praticas de Fabrico) na China e o Guangdong-Macau Traditional Chinese Medicine  Technology Industrial ParK Development Co. Ltd. Diversos fóruns relacionados serão também organizados durante a exposição, incluindo o Fórum Internacional para o Desenvolvimento da Medicina Chinesa (Macau) e o Fórum para a Medicina Tradicional Chinesa Macau 2015 (MTCFM).

Integrar as características de Macau para Promover Uma Indústria Criativa Cultural Local

O Instituto Cultural do Governo da RAEM continua a apresentar o “Pavilhão Criativo de Macau”. Este ano, as mais recentes criações de Macau serão apresentadas aos visitantes da MIF através do mapa da criatividade cultural. Desde a 10º MIF que o Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau (CPTTM) começou a trabalhar com o IPIM, organizando em cada MIF, o “Festival de Moda de Macau”. Os conceitos e tendências de moda de Macau serão expostos na respectiva zona. Para além disso, durante a MIF decorrerá um seminário sobre Moda assim como diversas Passagens de Modelos.

Uma “Exposição Internacional de Design de Macau” será organizada como parte da MIF deste ano. A área de exposição terá cerca de 1000m2. Mais de 400 trabalhos de excelentes designers de todo o mundo estarão expostas, incluindo trabalhos fascinantes da célebre arquitecta do Reino Unido Zaha Hadid, do arquitecto Português Álvaro Siza, e do membro da Academia Chinesa de Engenheiros Cui Kai. Também será organizado ao mesmo tempo o “Fórum sobre Cultivo de Talentos Internacionais na área do Design em combinação com as Necessidades de Desenvolvimento das Empresas”. Mais de 500 designers de grande talento da China continental, Hong Kong, Taiwan, Macau, Singapura, e outrasregiões internacionais irão participar no fórum com pontos de vista académicos, explorando as tendências internacionais no desenvolvimento de moda. A exposição e o fórum têm o objectivo de promver um melhor desenvolvimento  da indústria do design em Macau e nas regiões da China, assim como criar plataformas de intercâmbio e aprendizagem de longo prazo entre Macau e a comunidade internacional

Por outro lado, este é o quarto ano em que a “Feira Internacional das Indústrias Culturais da China (Shenzhen) ” participa na MIF, trazendo consigo os melhores conceitos de criatividade cultural, produtos e cultura criativa. Ao mesmo tempo, a Área de Exposição Internacioanl de Trabalhos de Impressão- Macau 2015 mostrará a última tecnologia e ideias criativas do sector de impressão. Outros eventos simultâneos incluem a “5ª Exposição de Trabalhos de Impressão Notáveis e Premiados da China “ e a “2015 Printing Summit Fórum”.

Agregar os Empresários Chineses do Mundo para Colaborar num Grande Plano de Desenvolvimento
Empresários Chineses de todo o mundo serão convidados a participar na MIF deste ano. Através da sua participação na exposição na “Cimeira Mundial dos Empresários Chineses”, e outros fóruns relacionados, bem como em sessões de intercâmbio e promoção empresarial, poderão explorar as oportunidades de desenvolvimento de negócios oferecidas pela iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, promovendo a interacção e a cooperação entre empresários Chineses de todo o mundo.

A“12ª Cimeira Mundial dos Empresários Chineses” terá lugar no dia 24 de Outubro, tendo como tema o desenvolvimento das oportunidades e os desafios da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”. Empresários Chineses e líderes das associações empresariais chinesas de todo o mundo irão juntar-se no evento para explorar e trocar informações sobre como melhorar a cooperação económica e comercial entre os Empresários Chineses da China continental e os de todo mundo. No mesmo dia, terá lugar a “Cerimónia de entrega de Prémios a Jovens Empresários Chineses a nível Mundial que apresentaram resultados excepcionais”, assim como um fórum de jovens empresários excelentes.

II. Exposições Ricas em Conteúdo para Resultados Práticos

Este ano, mais uma vez e com sucesso, a MIF convidou mais de 50 delegações da China Continental e delegações de países e regiões estrangeiras para participarem na Feira. Este é um esforço para revigorar a diversificação da economia de Macau e apoiar o desenvolvimento das pequenas e médias empresas locais. A plataforma da MIF tem conduzido, com sucesso, as PMEs de Macau a reforçarem o seu interesse na troca de informações e em melhorarem os seus negócios, trabalhando de forma activa na expansão do mercado da China Continental e dos mercados internacionais.

Para assegurar que a MIF do presente ano atinge um elevado profissionalismo e eficácia, continuaremos a optimizar os nossos serviços de exposição de forma a maximizar as transações comerciais na Feira.

A MIF convidou o maior número possível de compradores e empresas conhecidas e assim como empresários para participarem na MIF. Tendo em mente este objectivo, até agora a MIF já convidou mais de 1.400 visitantes profissionais e compradores de Guangdong e de outras províncias e municiípios do Interior da China.

III. Serviços Úteis aos Visitantes oferecidos pela MIF

Criação de Balcão de Serviços e Informações
Este ano, a MIF continuará a disponibilizar um Balcão de Serviços e Informações no local. Os serviços oferecidos incluem serviços de apoi oem áreas como o turismo, correios, serviços de telecomunicações e um serviço de logística e transporte no local. De modo a facilitar a passagem dos visitantes nas fronteiras serão abertos “canais MIF VIP” nas Portas do Cerco, na Ponte Flôr de Lótus e no terminal de passageiros do Porto Exterior.

Encorajar as viagens amigas do ambiente através de Serviços Grátis de Autocarros

De modo a promover uma exposição amiga do ambiente e a encorajar os participantes a fazerem “viagens amigas do ambiente” a MIF vai, tal como no passado, disponibilizar serviços grátis de autocarros durante a MIF entre os dias 22 a 25 de Outubro. Deste modo oferecemos aos  participantes uma forma cómoda e prática de se deslocarem à MIF. Os visitantes que se deslocarem nas suas viaturas podem estacionar os veículos no Parque Central da Taipa e apanhar um autocarro para o local.

Utilização de “Novos Meios de Comunicação” para obter actualizações da MIF e transformar a MIF numa “Exposição sem Papel”
De forma a aumentar a eficácia  e a promover a MIF como uma “Exposição sem Papel”, a MIF vai oferecer um serviço de informações via WeChat e applicações para telemóveis o que facilita o acesso dos expositores e delegados a informações e orientações sobre a feira. Os visitantes também podem, em tempo real, fazer o registo para agendamento de reuniões com as empreas que seleccionarem.

Para a obtenção das mais recentes informações sobre a 20ª MIF, pode ser feita a ligação através da conta WeChat da MIF (NI: MIFMacau), telefonar para 853 – 2882 8711 ou visitar a página electrónica da MIF www.mif.com.mo

As entidades interessadas nos referidos projectos podem dirigir-se ao Centro de Negociações para consultas e bolsas de contacto.