Com vista a fortalecer os laços entre Macau e Brasil, e, ao mesmo tempo, desenvolver os mercados dos Países de Língua Portuguesa na América Latina, aproveitar a plataforma de serviços para a cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, assumida por Macau, e promover junto dos países lusófonos, o posicionamento do desenvolvimento de Macau, caracterizado por “Um Centro, Uma Plataforma”, o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) organiza uma Delegação Empresarial de Macau, que se desloca ao Brasil, de 30 de Abril a 7 de Maio, para visitas de estudo e visitas de cortesia às associações comerciais e empresas inerentes do sector de produtos alimentares, e, ao mesmo tempo, recolher mais fornecedores de produtos alimentares para o “Centro de Distribuição dos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa”.

Deslocação ao Brasil para recrutamento de fornecedores de produtos alimentares e promover o Centro de Distribuição dos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa

A delegação empresarial organizada pelo IPIM, no total de 20 elementos, partiu no dia 30 de Abril. Durante a estadia em São Paulo, a referida delegação irá visitar a APAS 2016 (Feira Internacional para o Setor Supermercadista), uma das maiores feiras vocacionada aos operadores de supermercados da América Latina, com vista a proporcionar oportunidades de negócio às empresas que pretendam realizar negócios de produtos alimentares do Brasil. Além disso, a deslocação ao Brasil visa também recrutar fornecedores de produtos alimentares daquele país, com vista a introduzir maior número de produtos alimentares e bebidas dos países lusófonos para o “Centro de Exposição dos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa”, já entrou em funcionamento desde 31 de Março, com vista a tornar Macau como centro de distribuição dos produtos alimentares dos países lusófonos.

Realização de seminário de promoção para divulgar a plataforma de Macau

Além disso, a Delegação Empresarial participará na “Sessão de Intercâmbio entre Empresários de São Paulo e Macau”, organizada pelo IPIM, conjuntamente com a Associação Comercial de São Paulo. Na altura, farão uso da palavra, os representantes do IPIM, da Associação Comercial de São Paulo e dos membros da delegação empresarial, com vista a apresentar a função de plataforma de serviços para a cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, assumida por Macau, bem como as oportunidades de comércio multi-lateral entre a China, os países lusófonos e Macau. O Gerente de Contas de Clientes do Banco da China (Sucursal Macau), Sr. Zhao Hao, revelou que o Banco da China, no intuito de articular com o posicionamento do desenvolvimento de Macau como “Plataforma de Serviços para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, no seguimento da realização, com sucesso e graças ao apoio do IPIM, no ano passado do “Seminário sobre Negócios interbancários transfronteiriços em RMB com os Países de Língua Portuguesa” e “Seminário de Promoção dos negócios em RMB junto das Instituições Financeiras e Empresas dos Países de Língua Portuguesa”, espera, este ano, através da deslocação ao Brasil, inteirar-se da actual situação económica, situação da exploração das empresas daquele país, e proceder à recolha de informações do mercado.

Empresários pretendem atrair investimentos estrangeiros e expandir os seus negócios para o exterior”, explorando assim, mais oportunidades de negócios

No entender da Directora da empresa Reis Conserveiros de Macau, Sra. Cheang Choi Wan, Brasil é o maior mercado no seio da comunidade dos países de língua portuguesa e sendo Macau uma plataforma de serviços para a cooperação económica e comercial entre a China e os países lusófonos, a cooperação entre os dois territórios poderá criar muitas oportunidades. Espera, através da participação na delegação empresarial, encontrar produtos com potencial nomeadamente, fruta, sumo, café, carne de vaca e própolis, para os introduzir ao mercado asiático. Por sua vez, o Director-Geral da empresa Love of Crystal (Macao) Company Limited apontou que, sob as orientações da “Plataforma de Serviços para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa” e a estratégia nacional de desenvolvimento “Uma Faixa e Uma Rota”, é agora o momento mais oportuno para as PME´s de Macau explorarem oportunidades no exterior, para transformar e actualizar os seus modelos de negócio. O Administrador e Director Geral da empresa Mutual Honest Limited, Sr. Chan Chi Keung, revelou que a sua empresa planeia, em 2018, desenvolver um projecto de centro comercial na Rua Pedestre Comercial de Hengqin, pelo que espera, através desta viagem, encontrar produtos de supermercados e empresários, com vista a explorar em conjunto oportunidades de negócio.

Fotografia

Durante a estadia no Brasil, o IPIM irá realizar uma Sessão de Intercâmbio entre Empresários para promover o comércio bilateral