Bandeira Nacional

Fotografia

Mapa

Fotografia

Breve Apresentação

Guiné-Bissau localiza-se na costa ocidental da África, tendo uma área terrestre de 36 mil km² e um mar territorial de 8.120 km². É composto por 88 ilhas da Guiné Bissau, onde vivem cerca de 1,9 milhões de habitantes. A capital Bissau, sendo a maior cidade do país é uma região autónoma e o centro político, económico e cultural do país.

Ambiente de Investimento

Guiné Bissau possui recursos naturais e desenvolve em simultâneo a agricultura, a pecuária e a pesca. O país está disposto para  investidores estrangeiros, com poucos requisitos de entrada no mercado. Graças à abundante mão-de-obra, o país oferece vantagens em termos de custos. Os preços dos produtos primários são baixos, e o país está disposto para as indústrias básicas. As acções políticas do governo da Guiné-Bissau estão focados na redução da pobreza, na construção de instalações de energia eléctrica, os projectos portuários, as redes de comunicação, as instalações da pesca, a construção de estradas, as instalações aeronáuticas, o desenvolvimento do turismo, entre outros.

O Doing Business Report 2020, publicado pelo Banco Mundial, aponta que, no ano de 2018/19, a Guiné Bissau subiu uma posição no ranking da facilidade de fazer negócios, tendo progressos, principalmente, na abertura de empresas e na obtenção de alvarás de construção.

A Guiné-Bissau é um país tipicamente agrícola, com 80% da sua população dedicada ao sector agrícola, e os principais produtos agrícolas o arroz, as castanhas de caju, a palmeira, a mandioca e o amendoim. Além disso, a pesca e a silvicultura também são recursos importantes. Os produtos exportados da silvicultura são utilizados para a construção e o mobiliário. O sector dos serviços representa uma parte significativa da economia do país, principalmente os serviços comerciais e de restauração. A base industrial do país é relativamente fraca e os recursos minerais não estão totalmente aproveitados.

Situação Geral do Comércio

Os principais destinos de exportação da Guiné-Bissau são a Índia, a China, o Vietname, Singapura e os Emirados Árabes Unidos, sendo os principais produtos o caju, o peixe e diferentes tipos de camarão. As principais origens de importação da Guiné-Bissau são Portugal, Senegal, Paquistão e a China, sendo os principais tipos de produtos os produtos alimentares, os produtos petrolíferos e os bens de capital.

Os produtos que a China exporta para a Guiné-Bissau são principalmente os produtos electromecânicos, têxteis, e os artigos de alta tecnologia, enquanto os principais produtos que a China importa da Guiné Bissau são o caju, o gergelim, o amendoim e a madeira.

Indicadores Económicos

2017(a)

2018(a)

2019(b)

2020(c)

Área terrestre (km²)

36.125

36.125

36.125

36.125

População (milhões)

1,9

1,9

1,9

PIB (milhões de USD)

1.347,0

1.458,2

1.455,7

Crescimento efectivo do PIB (%)

5,9%

3,8%

4,7%

-0,6%

Total das Exportações (milhões de USD)

339,3

339,4

306,7

271,8

Total das Importações (milhões de USD)

-290,7

-293,1

-288,7

-269,9

Índice de Preços no Consumidor (%)

1,4%

 0,5 %(b)

0,7%

1,0%

Saldo da Balança de Transacções Correntes (milhões de USD)

-6,7

-45,3

-34,9

-73,6

Taxa de câmbio (CFA: USD)

582,0

555,7

583,9(a)

596,3

Notas: (a) Valor actual; (b) Estimativa de EIU; (c) Previsão da EIU
Fonte: «Guiné-Bissau Country Report (May 2020)» of Economist Intelligence Unit (EIU)

Principais Destinos de Exportação e Importação

Principais destinos de exportação (2018)

Percentagem no total

Índia

59,1%

Vietname

19,7%

Singapura

18,7%

Emirados Árabes Unidos

1,1%

Outros

1,4%

Principais origens de importação (2018)

Percentagem no total

Portugal

39,7%

Senegal

13,1%

Paquistão

12,0%

China

6,2%

Outros

29,0%

Fonte: International Trade Tower (ITC)

Principais Produtos de Exportação e Importação

Principais produtos de exportação (2018)

Percentagem no total

Frutas comestíveis e frutas de casca dura; Crostas de frutas cítricas ou de melão

86,8%

Produtos de peixes ou de crustáceos, de moluscos ou de outros invertebrados aquáticos

6,6%

Madeira e produtos de madeira; carvão

5,1%

Ferro e aço

0,6%

Outros

0,9%

Principais produtos de importação (2018)

Percentagem no total

Combustível mineral, óleo mineral e produtos destilados; substâncias com asfalto; cera mineral

17,3%

Cereais

16,0%

bebidas, vinho e vinagre

6,5

Produtos à base de cereais, farinhas, féculas ou leite; produtos de pastelaria

5,5%

Outros

54,7%

Fonte: International Trade Tower (ITC)

Estatísticas do Comércio Bilateral entre entre o Interior da China e a Guiné-Bissau (10mil de USD )

Ano

Total de exportações e importações

Total das exportações*

Total das importações**

2019

4.034,1

3.193,9

840,2

2018

3.747,0

2.983,2

763,9

2017

3.412,7

3.372,4

40,2

2016

2.139,8

2.123,6

16,1

2015

3.711,4

1.930,1

1.781,2

Notas:* Total das exportações do Interior da China para a Guiné-Bissau; ** Total das importações do Interior da China da Guiné-Bissau.
Fonte: Serviços de Alfândega da República Popular da China

Estatísticas do Comércio Bilateral entre a RAEM e a Guiné-Bissau (USD) (1 USD» 8 MOP)

Ano

Total de exportações e importações

Total das exportações*

Total das importações**

2019

2.019

2.019

2018

2017

2016

2015

Notas:* Total das exportações de Macau para a Guiné-Bissau; ** Total das importações de Macau da Guiné-Bissau.
Fonte: Direcção dos Serviços de Estatística e Censos da RAEM

Fontes: 

  • «Guia de Investimento e Cooperação Nacional (Regional) – Guiné-Bissau», Ministério do Comércio da RPC.
  • Serviços de Alfândega da República Popular da China
  • SinoMaps Press
  • Direcção dos Serviços de Estatística e Censos da RAEM
  • International Trade Tower (ITC)
  • «Guiné-Bissau Country Report (May 2020)» of Economist Intelligence Unit
  • Doing Business Report 2020, Banco Mundial.

Actualizado em Maio de 2020.