Fotografia

Fotografia

Fotografia

Fotografia

Data: 30 de Maio de 2018

Evento:

O Presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), Dr. Jackson Chang, procedeu hoje (dia 30) ao diálogo sincero com mais de 20 alunos do ensino secundário-complementar sobre o tema “Minha impressão sobre os Países de Língua Portuguesa” no Centro de Exposição dos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa, com uma atmosfera de intercâmbio calorosa. Jackson Chang espera que através da actividade, seja fortalecida a visão de desenvolvimento dos jovens sobre o papel de Macau como plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa,  encoraja-os ao mesmo tempo a explorar as suas vantagens para participarem activamente na construção da plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa, contribuindo para desempenhar as vantagens de Macau no processo da sua integração no desenvolvimento global do país.

No decurso do evento, Jackson Chang apresentou as situações económicas e comerciais mais recentes dos oito Países de Língua Portuguesa e de Macau, explicando de formas simples e profissional o posicionamento de Macau como plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, as vantagens do seu desenvolvimento, os trabalhos de construção e promoção dos “Três Centros” no âambito da plataforma (Centro de Serviços Comerciais para as Pequenas e Médias Empresas da China e dos Países de Língua Portuguesa, Centro de Distribuição dos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa e Centro de Convenções e Exposições para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa),  entre outros. Ele enfatizou que este ano coincide com o 15.º aniversário da criação do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), que tem um significado especial para a promoção da plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Jackson Chang afirmou que os jovens são os pilares do futuro de Macau e a geração jovem deve aproveitar bem o tempo, definir objectivos claros, equipar-secom maior força e formar uma perspectiva internacional, de modo a contribuir para o desenvolvimento sustentável de Macau. Agora, o nosso país entrou  numa nova era de desenvolvimento, pelo que os jovens precisam de entender e alavancar as próprias vantagens de Macau, incluindo o seu posicionamento como plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, plataforma de serviços financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa, assim como a indústria local de convenções e exibições que é orientada pela estratégia “prioridade à convenções” e a indústria financeira com características, para participarem activamente na implementação da iniciativa nacional “Faixa e Rota” e na construção da “Grande Baía de Guangdong – Hong Kong – Macau”, explorando as oportunidades do rápido crescimento nacional integrando-se no desenvolvimento global do nosso país.

A maioria dos mais de 20 estudantes do ensino secundário-complementar,  participantes no evento, estão a estudar português, e alguns vão estudar em Portugal nos próximos tempos. Durante o evento, Jackson Chang abordou os temas que jovens pensam e esperam da plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Por sua vez, os jovens alunos manifestaram interesses em língua, estilo de vida, hábitos alimentares e contexto cultural dos Países de Língua Portuguesa, particularmente sobre o papel do Governo da Região Administrativa Especial de Macau na construção da plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa, formação de talentos, oportunidades de estágio, efeitos da radiação da plataforma de Macau nos intercâmbios económicos e comerciais entre a China e os Países de Língua Portuguesa, entre outros temas. Os alunos visitaram ainda o Centro de Exposição dos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa e, através do contacto “zero distância”, aprofundaram a sua compreensão dos Países de Língua Portuguesa e do posicionamento de Macau como plataforma de cooperação.

Fotografia

Diálogo sincero entre o Presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, Dr. Jackson Chang, e os jovens locais

Fotografia

Atmosfera de intercâmbio calorosa