Fotografia

Fotografia

Fotografia

Date: 9 a 10 de Abril de 2018

As Sessões de Bolsas de Contacto Alusivas aos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa, organizadas pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), realizaram-se em 2017 em Hong Kong, no Delta do Rio das Pérolas, bem como em Chengdu e Hangzhou, entre outras cidades, tendo obtido uma resposta bastante positiva. De forma a ajudar, com mais dinamismo, a promoção da entrada de produtos alimentares dos países de língua portuguesa no mercado da China Continental e expandir a sua popularidade e influência nesta região, as primeiras duas estações das Sessões de Bolsas de Contacto Alusivas aos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa deste ano foram realizadas sucessivamente em Foshan e Zhaoqing nos dias 9 e 10 de Abril, iniciando assim com êxito a série de eventos de bolsas de contacto alusivos aos produtos dos países de língua portuguesa de 2018. O evento referido foi organizado pelo IPIM, levado a cabo por China Chamber of Commerce of Foodstuffs and Native Produce e co-organizado por várias câmaras do comércio macaenses.

Aprofundar o conhecimento mútuo entre as cidades da Grande Baía, Auxiliar a Construção de Uma Plataforma de Comércio

Com a construção da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, os contactos entre as cidades da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau tornaram-se muito mais próximos e as regiões também se uniram mais profundamente. As primeiras duas Sessões de Bolsas de Contacto Alusivas aos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa deste ano foram realizadas em duas cidades dentro da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. A “Estação de Foshan” e a “Estação de Zhaoqing” foram realizadas sucessivamente nos dias 9 e 10 de Abril no Crowne Plaza, em Foshan, no Hotel OYC, em Zhaoqing, respectivamente.

Nestas duas Sessões de Bolsas de Contacto, o IPIM organizou 22 fornecedores de produtos alimentares lusófonos para apresentarem no local café, vinho tinto, bebidas destiladas de alto teor alcoólico, bebidas alcoólicas, água mineral, snacks, sal, sumos de fruta, bebidas, leite, óleos vegetais especiais, entre outros produtos alimentares, e produtos de limpeza provenientes dos países lusófonos, estendendo o efeito de exibição funcional do Centro de Exposição dos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa e permitindo aos compradores poderem experienciar pessoalmente o estilo e sabor lusófonos e degustar as delícias destes países. As duas Sessões atraíram mais de 230 compradores provenientes da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau a experienciarem pessoalmente o sabor tradicional lusófono e o “novo” sabor lusófono, procedendo a contactos de oportunidades profissionais e conversações comerciais com um grupo de fornecedores, o que auxiliou o aprofundamento dos conhecimentos dos clientes e vendedores das cidades dentro da Grande Baía em relação aos produtos dos países de língua portuguesa e o aumento da popularidade e influência dos produtos alimentares destes países. Também auxiliou o fortalecimento da cooperação global entre as regiões da China Continental e a RAEM, e o seu desenvolvimento aprofundado, promovendo a cooperação comercial sino-lusófona e criando oportunidades comerciais.

Vale a pena destacar que muitos fornecedores e clientes no local se registaram como utentes no “Portal para a Cooperação nas Áreas Económica, Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, efectuando mais convenientemente as suas aquisições diárias de produtos lusófonos offline e online paralelamente, beneficiando a construção de Macau como uma plataforma multivariada de aquisição.

Animado Ambiente de Conversações no Local, Resposta Calorosa

A Sra. Ma, fornecedora local de vinhos e participante de várias “Sessões de Bolsas de Contacto Alusivas aos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa”, destacou os resultados satisfatórios das Estações de Foshan e Zhaoqing, como tendo chegado a um consenso de cooperação com uma associação comercial de vinho de Guangzhou e acertado um negócio com os compradores de Foshan. Ela também disse que aprendeu muito desde a sua participação no ano passado, o que ajudou os comerciantes do Continente a entender melhor os produtos dos países de língua portuguesa, e também acumulou um volume de transações considerável através das Sessões de Bolsas de Contacto. Ela espera continuar a participar nas Sessões de Bolsas de Contacto deste ano para expandir o mercado continental.

Como uma fornecedora a participar nas Sessões de Bolsas de Contacto pela primeira vez, a Sra. Pan comentou positivamente o evento e sentiu que a actividade proporcionava uma plataforma para os fornecedores de produtos dos países de língua portuguesa chegarem aos comerciantes do Continente. Vários comerciantes chegaram a uma intenção básica depois de conhecer os produtos in loco. Após essa oportunidade, vão continuar os contactos com a expectativa de finalisar a transação.

Sra. Liang, uma compradora do continente que sempre teve um melhor entendimento e interesse em produtos de países de língua portuguesa, encontrou alguns novos gostos “lusófonos” no local das Sessões de Bolsas de Contacto, como vinícolas portuguesas especializadas na produção de vinhos verdes. Ela disse que espera introduzir produtos portugueses no Continente, e expressou que os produtos de Portugal entraram gradualmente na mira dos consumidores do continente nos últimos dois anos, dando aos vendedores de produtos lusófonos grande confiança na promoção. A Sra. Li, que trabalha numa plataforma de importação por e-commerce, afirmou que esse tipo de oportunidade pode ser usada para se concentrar na melhor compreensão dos produtos dos países de língua portuguesa. Ela espera introduzir mais alimentos dos países de língua portuguesa através da sua plataforma de e-commerce.

As “Sessões de Bolsas de Contacto Alusivas aos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa – Estações de Foshan e Zhaoqing” são uma ajuda para o fortalecimento do posicionamento de Macau como “Três Centros – Uma Plataforma” no âmbito da plataforma de serviços para a    cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa, ao passo do processo de construção da Região Metropolitana da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. Este ano as “Sessões de Bolsas de Contactos” continuarão a ser organizadas em várias cidades da China Continental, expandindo a popularidade e a influência dos produtos alimentares dos países de língua portuguesa. Está planeado realizarem-se nos dias 26 e 27 de Abril, em Huizhou e Dongguan, e no mês de Maio, em Fuzhou, da província de Fujian.